Complicações do diabetes: fique de olho — Labi Exames

Complicações do diabetes: fique de olho

7 de agosto de 2019
Exames do diabetes

Hoje, é possível levar uma vida saudável mesmo com diagnóstico de diabetes. Os avanços da tecnologia e os novos medicamentos permitem uma vida tranquila ao paciente – quando usados da maneira adequada. O grande inimigo da doença é a falta de acompanhamento. Com o passar do tempo, a pessoa com diabetes se acostuma com os sintomas e não percebe que o mal pode estar avançando. A ausência de check-ups e visitas ao médico podem converter uma simples condição em um pesadelo.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, aproximadamente 13 milhões de brasileiros são diabéticos. Ou seja, 6,9% da população não produz insulina – hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue – ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz. E atenção: menos de 30% dessas pessoas estão com a glicemia controlada! Não é à toa que diabetes é a terceira principal causa de mortalidade no Brasil. Por essa razão, se você é diabético ou pré-diabético, faça exames pelo menos a cada 6 meses e evite complicações.

Doença Renal

O alto nível de açúcar no sangue faz com que os rins o filtrem além do necessário, fazendo com que substâncias úteis, como a proteína por exemplo, acabem saindo na urina. Na fase inicial, o marcador desta situação é exatamente essa perda. Quando ela é em pequena quantidade (microalbuminúria) existe possibilidade de reversão com intensificação do controle da glicose e uso de medicamentos.

Quando a doença renal é detectada ainda no início, é possível tratar e evitar um quadro pior. Porém, se diagnosticada tarde, quando o marcador de perda de proteína é muito alto, as chances de melhora diminuem consideravelmente. Nestes casos, o paciente pode precisar de um transplante ou sessões regulares de hemodiálise.

Retinopatia

Todo diabético pode estar predisposto à perda de visão. Porém, se controladas as taxas de glicemia, é bem provável que os problemas oculares sejam menores ou nem cheguem a existir. Existem dois tipos comuns de retinopatia: a não-proliferativa e o proliferativa. O primeiro é o mais comum.

Não-proliferativo: os pequenos vasos sanguíneos (capilares), que ficam na parte de trás do olho, incham e formam bolsas. Em algumas situações, ocorre a passagem de substâncias entre o sangue e a retina e esse líquido pode ir para dentro da mácula (área da retina especializada em diferenciar detalhes finos). Nesse caso, a visão fica embaçada e, às vezes, pode até ser perdida.

Proliferativo: os capilares ficam completamente bloqueados e deixam de levar oxigênio à retina. Mesmo que ocorra o surgimento de novos vasos, afim de melhorar a situação, eles poderão causar hemorragia vítrea e uma espécie de cicatrização que distorce a retina e que pode causar glaucoma.

Neuropatia Diabética

A alteração do metabolismo da glicose e as lesões nos pequenos vasos sanguíneos podem causar danos aos sistema nervoso nas pessoas com diabetes. Essa condição provoca dor contínua e crescente, formigamento, sensação de queimadura e ardência, entre outros sintomas. Em estágio avançado, a neuropatia pode reduzir a sensibilidade. Ou seja, a pessoa pode se machucar e não sentir.

A neuropatia diabética é responsável por aproximadamente dois terços das amputações não-traumáticas. Portanto, fique atento aos exames e não deixe de fazer controles periódicos.

Doenças do coração e vasos sanguíneos

Uma pessoa com diabetes também corre um risco maior de ter infarto e AVC. Isso porque a parede interna das artérias, o endotélio, perde sua capacidade protetora e permite a entrada de células anormais. Essa falha permite a formação de placas de gordura, chamada de aterosclerose.

A anormalidade do endotélio, aumenta a chance do revestimento da artéria romper e deixar o sangue em contato com a placa gordurosa. Com isso, a chance de formar coágulos aumenta o que pode resultar em infarto e derrame.

Doença periodontal

Além dos danos aos rins, nervos, grandes e pequenos vasos sanguíneos e retina, o diabetes pode causar problemas bucais. A glicose alta no sangue facilita o surgimento de bactérias nos dentes. Pessoas com diabetes tem 2,5 vezes mais chance de terem doença periodontal. Nesta situação as gengivas ficam vermelhas, doloridas, inchadas, podem até sangrar e em casos graves, leva a perda dos dentes.

Check-up Controle do Diabetes Labi

Apesar das complicações rondarem as pessoas com diabetes, o acompanhamento periódico e a realização de exames podem indicar formas de retardar ou reverter esta situação. Os fatores de risco da doença são o controle de glicose, controle de pressão, tempo de convivência com o diabetes e a influência genética.

Como visto acima, o grande vilão do diabetes é o próprio paciente. Se não controlada, a doença pode desencadear diversas complicações. Aproveite o mês de agosto para fazer o check-up Controle do Diabetes no Labi Exames. Os 100 primeiros clientes que comprarem garantirão os exames gratuitamente.

Check-Up

Controle do diabetes
Para o controle do Diabetes, check-ups a partir de:

R$ 34,00

Conheça o check-up
Aqui você tira todas as suas dúvidas sobre nossos exames.
Consulte aqui
Você também pode consultar preços de exames individuais.
Consulte aqui

Porque saúde
é para todos!

O Labi Exames tem diversos check-ups de exames diferentes, criados especialmente para você.

Cada check-up foi desenvolvido para um perfil de pessoa e contém uma série de exames importantes para o acompanhamento da sua saúde. Você não precisa de prescrição médica para fazer exames. Basta escolher o check-up que melhor se adequa a você e procurar uma unidade ou entrar em contato para agendar coleta residencial. Caso precise de exames avulsos, consulte individualmente em nosso site ou no link abaixo - clique aqui para consultar exames avulsos.

No Labi Exames, você tem acesso ao seu resultado aqui mesmo no nosso site.

Basta clicar no ícone de resultados de exames no canto superior direito e informar o código do seu exame. Se precisar do seu exame impresso, procure uma de nossas unidades.

Veja aqui nossos dados de contato:

WhatsApp: 11 97216-4063 E-mail: info@labiexames.com.br

Após receber os resultados dos seus exames, você deve consultar seu médico para que ele possa avaliar e decidir o que deve ser feito.

Consulte sempre um médico de sua confiança, para que sua saúde esteja sempre sob controle. Nós do Labi Exames temos o prazer de continuar proporcionando exames de qualidade, acessíveis a um preço justo, com todo o cuidado e carinho que você merece.

Precisa de ajuda para fazer seu orçamento? Chame no Whatsapp