O que é?

A urina tipo 1, também chamado de EAS é um exame feito para avaliar as características da urina e, consequentemente, a saúde dos rins. Nesse exame, é pesquisada a presença de determinados elementos na urina. Alguns deles não devem estar presentes em situações normais, e podem indicar algumas doenças.

Por que fazer esse exame?

Este exame fornece informações que podem ajudar o médico a diagnosticar infecções urinárias, diabetes, doenças do fígado e dos rins. A partir dele, podem ser solicitados exames mais específicos para investigar as causas das doenças.

Ele é usado para avaliar a saúde do rim de forma geral, podendo até indicar qual parte do órgão não está funcionando bem.

A urina tipo 1 pode ajudar a esclarecer a causa de sintomas como diminuição da quantidade de urina, ardência ao urinar, aumento do número de vezes que urina ou presença de cor escurecida, sangue ou espuma; pessoas com inchaço no corpo e em volta dos olhos.

Pessoas com diabetes e pressão alta também devem realizar esse exame, pois possuem maior risco de ter doença dos rins.

Como me preparar para esse exame?

coleta de urina na própria unidade

Como esse exame é feito?

O exame é feito a partir de uma amostra de urina. Deve ser coletada preferencialmente a primeira urina da manhã ou qualquer outra micção com intervalo mínimo de duas horas sem urinar. Para que não haja interferência no resultado, recomendamos que você siga corretamente as orientações para coleta.

1- Lavar as mãos

2- Higienizar a região genital com água e sabão. Homens devem afastar o prepúcio (pele que recobre a ponta do pênis), e mulheres devem afastar os grandes lábios vaginais antes de começar a urinar. Caso a mulher esteja menstruada, deve colocar uma gaze ou tampão na vagina, para que o sangue não se misture com a urina.

3 – O primeiro jato da urina deve ser desprezado no vaso sanitário, e então o jato médio deve ser colhido no recipiente adequado.

4 – Vedar bem e entregar a amostra para o representante do laboratório. A urina deve ser encaminhada dentro de 1 hora ao laboratório, ou refrigerada na geladeira por até 12 horas, se necessário.

Quais são os resultados possíveis?

Consulte a tabela abaixo para ver os valores de referência.

Em situações normais, não deve haver glicose, nitrito, proteínas, hemácias e leucócitos na urina. Caso alguns desses esteja presente, é indicado acompanhamento médico para investigar a causa.

Parâmetros físico-químicos
Aspecto Límpido
Cor Amarelo citrino
pH 5,0 a 7,5
Densidade 1010 a 1025
Proteínas Inferior a 0,10 g/L
Glicose Ausente
Corpos cetônicos Ausente
Pigmentos biliares Ausente
Urobilinogênio Inferior a 1,0 mg/dL
Nitrito Negativo
Hemoglobina Ausente

 

Pesquisa de elementos figurados
Células
Cristais
Cilindros
Leucócitos Inferior a 10.000/mL
Hemácias Inferior a 10.000/mL