HPV – Papiloma vírus humano — Labi Exames

HPV – Papiloma vírus humano

20 de fevereiro de 2018

O que é?

O HPV, transmitido pelo vírus Human Papiloma Virus(em ingles), também é conhecida por “Crista de Galo”. Ele vive na pele e nas mucosas dos seres humanos, na vulva, vagina, colo de útero e pênis. Este vírus é transmitido no contato pele com pele. Quando em um primeiro contato sexual, de 1 em cada 10 meninas chega a entrar em contato com o vírus. Estima-se que 80 e 90% da população já entrou em contato com o vírus alguma vez na vida, mesmo que não tenha desenvolvido a lesão.

Contudo, 90% das pessoas conseguem eliminar o vírus do organismo naturalmente, e não passam por manifestações clínicas. É uma doença sexualmente transmissível (DST), e também pode ser transmitida na hora do parto, de mãe para filho. Esta doença é possível de ser controlada, porém, ainda não existe cura para o HPV.

O HPV, quando genital, não apresenta sintomas, a não ser que seja um tipo que causa verrugas genitais. Não é comum que estas verrugas apareçam anos após a exposição ao vírus e geralmente, elas se apresentam como uma pequena saliência ou grupo de protuberâncias na região genital, podendo ser pequenas ou grandes, planas ou proeminentes, ou com aspecto de couve-flor. As verrugas genitais podem desaparecer, se tratadas, e não mudam ou aumentam em tamanho ou número. Como há casos assintomáticos, a grande maioria das pessoas nunca saberá que têm HPV, porque o sistema imunológico muitas vezes inativa o vírus da doença.

Se não for tratado o paciente, o HPV pode causar desenvolvimento de câncer de colo do útero e, também, de câncer de garganta. Estima-se que 99% das mulheres que possuem câncer de colo do útero foram inicialmente infectadas pelo vírus do HPV. Nem todos os tipos de HPV causam câncer, apenas alguns, e para esses foram desenvolvidas as vacinas, que induzem a criação de imunidade em jovens antes que contraiam o vírus por relação sexual (principal via de contaminação do vírus).

A vacina contra o HPV, ou papiloma vírus humano, é dada em forma de injeção e previne não só o HPV, mas também o câncer do colo do útero. Esta vacina pode ser tomada em clínicas particulares, mas também é oferecida pelo SUS nos postos de saúde e em campanhas de vacinação nas escolas.

A vacina está disponível gratuitamente nos postos de saúde, em 2 a 3 doses, para:

·       Meninos e meninas dos 9 a 14 anos;

·       Homens e mulheres de 9 a 26 anos vivendo com HIV ou AIDS, pacientes que receberam transplante de órgãos, de medula óssea e pessoas em tratamento contra o câncer.

A vacina pode ser tomada, também, por meninos e meninas que já não são virgens, mas a sua eficácia pode estar diminuída, pois já podem ter estado em contato com o vírus.

O que testar?

Por ser, portanto, muitas vezes assintomático, o rastreio do HPV é feito com o preventivo ginecológico nas mulheres, fazendo uma pequena raspagem no colo uterino, que não dói, e enviando para analise no microscópio.

Outra forma, menos usual, mas muito confiável, é o diagnóstico molecular. São métodos que pesquisam se existe material genético do HPV dentro das células do organismo humano. A positividade destes testes quer dizer que o organismo entrou em contato com o HPV, mas não consegue predizer quem irá desenvolver lesões. A captura híbrida e o PCR são os testes mais utilizados na prática clínica e permitem identificar dois grupos de vírus (de baixo e alto risco de causar câncer) e a carga viral.

Quem e quando testar?

Para o HPV em específico, nas mulheres que já tiveram relação sexual é recomendado o preventivo anual ou conforme protocolo de cada serviço de ginecologia, e nos homens recomenda-se a vigilância de eventuais lesões no pênis para que procurem um médico (geralmente urologista).

Se você já foi diagnosticado com o HPV ou acha que contraiu o vírus, vale lembrar que a maior parte das contaminações é por via de sexo sem proteção, e outras DSTs sempre devem ser investigadas.

Check-Up

Saúde sexual
5 exames em 1 só check-up

R$ 125,00

Conheça o check-up
Aqui você tira todas as suas dúvidas sobre nossos exames.
Consulte aqui
Você também pode consultar preços de exames individuais.
Consulte aqui

Porque saúde
é para todos!

O Labi Exames tem diversos check-ups de exames diferentes, criados especialmente para você.

Cada check-up foi desenvolvido para um perfil de pessoa e contém uma série de exames importantes para o acompanhamento da sua saúde. Você não precisa de prescrição médica para fazer exames. Basta escolher o check-up que melhor se adequa a você e procurar uma unidade ou entrar em contato para agendar coleta residencial. Caso precise de exames avulsos, consulte individualmente em nosso site ou no link abaixo - clique aqui para consultar exames avulsos.

No Labi Exames, você tem acesso ao seu resultado aqui mesmo no nosso site.

Basta clicar no ícone de resultados de exames no canto superior direito e informar o código do seu exame. Se precisar do seu exame impresso, procure uma de nossas unidades.

Veja aqui nossos dados de contato:

WhatsApp: 11 97216-4063 E-mail: info@labiexames.com.br

Após receber os resultados dos seus exames, você deve consultar seu médico para que ele possa avaliar e decidir o que deve ser feito.

Consulte sempre um médico de sua confiança, para que sua saúde esteja sempre sob controle. Nós do Labi Exames temos o prazer de continuar proporcionando exames de qualidade, acessíveis a um preço justo, com todo o cuidado e carinho que você merece.